Aproveite ao máximo a alta definição de sua TV de LCD ou Plasma

6886.jpg

ESPAGUETE TECNOLÓGICO – O comerciante Marcos Khalil se livrou de um emaranhado de fios ao conectar seus aparelhos com cabos HDMI

Sem usar os cabos adequados, a vantagem visual que as televisões de plasma e LCD oferecem fica comprometida

Jocelyn Auricchio

Imagine a cena: você torra uma quantidade considerável de dinheiro em uma nova televisão fininha de LCD ou plasma. Depois, ansiosamente, leva o equipamento para casa, mede daqui, mede dali… e na empolgação já vai furando a parede para pendurar a danada.

Furos feitos, muita gritaria (porque é claro que, na afobação, você quase derruba a tela no chão na hora de pendurá-la)e aquele sentimento bom de realização vem.

Todo o espaguete de cabos que estavam conectados à sua televisão velha são transplantados à tela nova. Até a anteninha que ficava em cima da TV antiga você conecta, depois de parafusá-la na parede. Tudo “espetado”, ligado o cabo de força, estão todos preparados para estrear a telona.

E aí começa o pesadelo… sua mulher chora de desgosto ao ver que aquela tela linda deixou a novela chuviscada e você quer morrer porque o futebol está horrível.

Parece inacreditável, mas muita gente que comprou telas de alta definição passou por isso (veja box ao lado). E sem nem ao menos entender a razão desse aparente “defeito”, devolve a tela para a loja, praticamente aos gritos e pontapés.

Telas de alta definição não foram feitas para exibir sinais da TV aberta (pelo menos não até a chegada da TV digital). Mesmo os sinais de TV a cabo não estão à altura dessas super TVs.

O grande barato das novas telas de plasma e LCD é assistir filmes e jogar games. Aí sim – se você tiver os equipamentos adequados, ligados de maneira correta – você explorará os limites da tecnologia.

Os velhos cabinhos com que você ligava seu videocassete nos anos 80 não dão mais conta do recado. Do mesmo modo que a tecnologia avançou no terreno da imagem, com resoluções maiores, o sinal que trafega entre os aparelhos também melhorou, precisando de “estradas” melhores para chegar à sua TV.

Existem várias opções de cabos para você conectar seus aparelhos de forma satisfatória. O S-Video oferece muito mais qualidade que o simples cabinho composto. A maioria dos aparelhos, como DVDs e câmeras, conta com essa conexão.

“Senti uma boa diferença quando passei para o S-Video,” conta o comerciante Marcos Khalil, de 38 anos. Entusiasta da tecnologia, ele faz questão de sempre manter seus inúmeros aparelhos, entre todos os consoles de nova geração, conectados da melhor maneira possível em sua televisão.

O cabo de vídeo componente, que apareceu no final dos anos 90, é ainda superior ao S-Video. Ao separar o sinal de vídeo em 3 canais de cor, a definição de imagem é muito superior.

ALTA DEFINIÇÃO
Mas agora vamos falar de coisa ainda mais séria: alta definição. Novas telas, capazes de exibir imagens com pelo menos o dobro da qualidade de antigamente, surgiram no mercado e agora estão muito mais acessíveis. A tecnologia que utilizam chama-se Progressive Scan (leia texto abaixo).

O processo, conhecido em português como varredura progressiva, consiste em exibir as imagens de maneira muito mais nítida, graças à forma com que as imagens, de maior resolução, são exibidas na tela. Em vez de “fatiar” a imagem e exibi-la metade por vez, alternando as partes rapidamente, cada quadro da imagem é mostrado por inteiro.

Para acompanhar esse novo salto tecnológico, novos tipos de conexão foram criados. O próprio vídeo componente ganhou um upgrade, apelidado “componente de alta definição”. Vale a pena investir nisso se sua tela utilizar “progressive scan”.

Mas a maior novidade entre as conexões e cabos de alta qualidade é o HDMI, que em inglês significa interface de multimídia de alta definição.

Trocando em míudos, é um cabinho que transporta ao mesmo tempo sinais 100% digitais de áudio e vídeo. Além da qualidade, a principal vantagem é a simplificação das conexões.

“Antes precisava de um monte de cabos para ligar um aparelho na TV, dava um trabalho…” suspira Khalil, que usava até 6 cabos diferentes, entre áudio e vídeo. “Agora, um cabinho só e está tudo resolvido.”

Para tirar máximo proveito de seus equipamentos hi-tech, ele conecta tudo a um potente home theater, que estremece sua sala.

Acesse os topicos abaixo:

Introdução

Será que você precisa de uma TV de alta definição?

Dicas importantes para escolher sua TV

Boas imagens exigem novos equipamentos

Download do arquivo em pdf contendo dicas sobre Resolução

renato

Post By Renato Costa
Vice Presidente da AST-RIO
Gestor de Recursos Humanos

Anúncios
Publicado em Dicas. Leave a Comment »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: