Sargão e as mulheres de Atenas

Olá pessoal, estava neste fim de semana brincando um pouco com os meus livros e sem querer peguei um livro muito interessante, ela fala de textos históricos verídicos e devidamente comprovados ao longo da historia, pensei comigo: por que não levar esses textos para o pessoal do blog? bom aqui estou, espero que gostem.

Para iniciar vou trazer dois texto um contando sobre a historia de Sargão, ele nasceu na sumeria posteriormente conhecida como Babilónia, sua historia é idêntica a de outro personagem que viveu um pouco depois e que acredito que a maioria conheça: Moisés, pra quem ainda não leu, leia Bíblia – Êxodo Cap2.

O outro texto conta a historia de um grego que fugindo dos argianos foi morto pelas mulheres de Atenas, bom a historia é um pouco cómica mais o objetivo é mostrar a roupa das mulheres de Atenas.

 O nascimento de Sargão

Sargão, o poderoso rei de Agade, Eu sou.

Minha mãe foi uma substituída, meu pai eu não conheci.

O(s) irmão(s) de meu pai amavam as montanhas.

Minha cidade é Azupiranu, que está situada às margens do Eufrates.

Minha mãe substituída concebeu-me, secretamente ela me fez nascer.

Ela me colocou numa cesta de junco, com betume ela selou minha tampa.

Ela me jogou ao rio que não cobriu.

O rio me conduziu e me levou até Akki, o tirador de água.

Akki, o tirador de água, retirou-me como seu filho (e) criou-me.

Akki, o tirador de água, nomeou-me seu jardineiro.

Enquanto eu era jardineiro, Ishtar concedeu-me (seu) amor.

E por quatro e […] anos eu exerci a realeza.

o [povo] cabeça-negra eu comandei, eu gov[ernei];

Poderosas [mon]tanhas com enxós de bronze eu conquistei,

As cordilheiras mais altas eu escalei,

Os vales eu [atrav]essei,

As [terra]s do mar três vezes circundei.

Dilmun minha mão cap[turou]

[Ao] grande Der eu [subi], eu […]

[…] eu alterei e […].

Qualquer que seja o rei que possa vir depois de mim,

Deixe que ele comande , deixe que ele governe o povo cabeça-negra;

[Deixe que ele conquiste] poderosas [montanhas] com enxo[s de bronze],

[Deixe] que ele escale as cordilheiras mais altas

[Deixe que ele atravesse os vales mais profundos],

Deixe que ele circunde as [ter]ras do mar três vezes!

[Dilmun deixe que sua mão capture].

Deixe que ele suba [ao] grande Der e […]!

[…] da minha cidade, Aga[de…]

[…]…[…]

(Restante quebrado)

ANET, 119

 Nota: Sabemos historicamente que a bíblia foi reescrita na babilónia, na época em que Daniel estava cativo, todos os sábios hebreus estavam na Babilónia e os historiadores acreditam que muitas passagens que estão no Velho Testamento da bíblia foram pegas de tradições orais dos Babilónicos e que o restante das historias foram passadas e mantidas verbalmente de geração a geração. Fica aí uma duvida !!!

 A roupa das mulheres de Atenas.

Quando os Atenienses desembarcaram em Egina, os argianos vieream socorrer os eginetas; tendo permanecido na ilha, secretamente, desde Epidauro, atacaram subitamente os atenienses e cortaram-lhes sua retirada para os navios. Houve ao mesmo tempo trovões e um tremor de terra.

Argianos e eginetas concordam em dizer – e os próprios atenienses o reconhecem – que houve apenas um homem entre estes que conseguiu escapar. A única diferença é que os argianos afirmam que tal homem sobreviveu à derrota infligida por eles. De qualquer forma, enquanto que os atenienses colocam a divindade em pauta, na realidade, ninguem escapou, pois o único sobrevivente pereceu da seguinte maneira: assim que voltou a Atenas, anunciou o malogro. Ante tal confissão, as mulheres, cujos maridos tinham partido para Egina, indignadas pelo fato de um só ter sobrevivido, cercaram por todos os lados o infeliz e o agrediram com as fivelas de seus vestidos, cada uma perguntando onde estava seu marido! Isto foi seu fim, e para os atenienses o crime de tais mulheres pareceu mais terrível ainda que sua derrota. Não sabendo com que castigo puni-las mudaram a roupa que vestiam pela da Jônia. Antigamente, as atenienses usavam uma roupa dórica, semelhante à de Corinto, está foi substituída por uma túnica de linha, para impedir o uso de fivelas!

HERÓDOTO, Histórias, V, 86-87

ico_tatianeBy Tatiane Costa

Anúncios
Publicado em História. 2 Comments »

2 Respostas to “Sargão e as mulheres de Atenas”

  1. lisanda Says:

    esta +ou- falta muitas informaçãoes melhorem ouviram caramba


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: