Neurociência e Neuroassociações

O segredo – Neurociência

A Neurociência é a junção de duas ciências: neurobiologia e a ciência do computador ela é responsável por estudar as Neuroassociações, mas o que seria isso?

Neuroassociações são associações que o nosso celebro faz em nosso sistema nervoso para representar as emoções e sentimentos que vivemos. Quando fazemos algo pela primeira fez criamos uma conexão física, um tênue fio neural, que nos permite um re-acesso a essa emoção ou comportamento no futuro. Pensa da seguinte maneira: cada vez que repetimos o comportamento, a conexão é reforçada. Acrescentamos outro fio a conexão neural, resumindo quanto mais repetimos, maior será a ligação do nosso sistema nervoso com o sentimento ou comportamento.

Cada vez que experimentamos uma quantidade significativa de dor ou prazer, o cérebro procura pela causa e a registro no sistema nervoso, para pérmitir-nos tomar melhores decisões sobre o que fazer no futuro, vejamos um exemplo:

Por exemplo sem uma neuroassociação em seu cérebro: para lembrá-lo de que estende a mão para o fogo o queimaria, você poderia cometer esse erro várias vezes, até ficar com um queimadura grave. Assim, as neuroassociações prontamente fornecem ao cérebro os sinais que nos ajudam a ter acesso às memórias, e manobrar em segurança através da vida.

Por isso muitas vezes tentamos alcançar uma mudança em nossas vidas e em geral essa mudança se torna ineficaz, as neuroassociações são um instrumento de sobrevivência e se tornam enraizadas no sistema nervoso como conexões físicas. Portanto quanto maior é a nossa entrega em um comportamento maior será está conexão física, vejamos outro exemplo:

Digamos que você esteja tentando para de fumar, mais ainda sente uma compulsão em faze-lo. Por que? Simplesmente porque você encontra fisicamente “ligada” a fumar. Isso explica porque talvez tenhamos achado difícil uma mudança em seus padrões emocionais ou comportamentais no passado. O ato de fumar não era apenas um habito, criara uma rede de fortes neuroassociações dentro de seu sistema nervoso.


Desenvolvemos essas neuroassociações de forma inconsciente permitindo-nos emoções ou comportamento numa base sistemática. Cada vez que você se entrega à emoção de raiva ou ao comportamento de gritar com uma pessoa amada, reforça a conexão neural e aumenta a probabilidade de fazer isso de novo. A boa notícia é a seguinte: assim como essas neuroassociações podem ir se esforçando com a repetição, da mesma forma a não repetição enfraquece, porém obviamente o ato de reverter essas neuroassociações são muito mais difíceis do que cria-las. Pra finalizar vamos ao que René Descartes disse:

“Não é suficiente ter uma boa mente: o principal é usá-la bem.”

Mais pra frente demonstrarei mais alguns conceitos de neuroassociações, aguardem…

Você pode ver outros artigos semelhante a esse aqui:

O PODER DO SEU CÉREBRO

Anúncios

O PODER DO SEU CÉREBRO

O PODER DO CÉREBRO (de Anthony Robbins)

 

Que magnífica dádiva nos nascemos! Aprendi que nosso cérebro pode nos ajudar a realizar praticamente qualquer coisa que desejarmos. Sua capacidade é quase incomensurável. A maioria das pessoas pouco sabe sobre a maneira como funciona, e por isso vamos focalizar por um momento esse centro incomensurável de poder,  e como podemos condiciona-lo para produzir de forma sistemática os resultados que desejarmos em nossa vida.

 

Compreenda que se cérebro aguarda ansioso cada ordem sua, pronto para executar qualquer coisa que lhe pedir. Só precisa de uma pequena quantidade de combustível: o oxigênio em seu sangue e um pouco de glicose. Em termos de complexidade e poder, o cérebro desafia ate mesmo nossa mais moderna tecnologia de computador. É capaz de processar até trinta bilhões de bits de informações por segundo, e possui o equivalente a dez mil quilometro de fios e cabos. Tipicamente, o sistema nervoso humano contém cerca de 28 bilhões de neurônios (células nervosas projetadas para conduzir impulsos). Sem neurônios, o sistema nervoso seria incapaz de interpretar as informações que recebemos através dos órgãos dos sentidos, incapaz de transmiti-las para o cérebro, e incapaz de cumprir as instruções do cérebro sobre o que fazer. Cada um desses neurônios é um minúsculo computador auto-suficiente, capaz de processar cerca de um milhar de bits de informações.

 Esses neurônios agem de forma independente, mas também se comunicam com outros neurônios, através de uma espantosa rede de 160 mil quilômetros de fibras nervosas. O poder de seu cérebro de processar informações é incrível, ainda mais se considerarmos que um computador – até o computador mais rápido – só pode efetuar uma conexão de cada vez. Em contraste, uma reação num neurônio pode espalhar-se a centenas de milhares de outros, num prazo inferior a 20 milissegundos. Para lhe dar uma perspectiva, isso representa cerca de dez vezes menos do que é preciso para piscar um olho. 

Um neurônio leva um milhão de vezes mais tempo para enviar um sinal do que uma típica chave de computador, mas o cérebro pode reconhecer um rosto familiar em menos de um segundo – um feito aliem da capacidade dos computadores mais potentes. O cérebro alcança essa velocidade porque, ao contrario do processo passo a passo do computador, seus bilhões de neurônios podem todos atacar um problema simultaneamente.

 

Assim com todo esse poder à nossa disposição, porque não podemos fazer com que nos sintamos felizes sempre? Por que não podemos mudar um comportamento,c Omo fumar ou beber, comer demais ou protelar as decisões? Por que não podemos imediatamente nos livrar da depressão, acabar com a frustração, e sentir alegria em cada dia de nossas vidas? Nos podemos!!! Cada um de nós tem à disposição o mais extraordinário computador do planeta, mais infelizmente ninguém nos deu um manual para operá-lo. A maioria não tem idéia de como o cérebro funcionar, e por isso tentamos pensar para alcançar uma mudança, quando na verdade nosso comportamento esta enraizado no sistema nervoso, sob a forma de conexões físicas – conexões neurais… ou o que eu chamo de neuroassociações.

 

Aguarde a continuação…

 

Publicado em O Segredo. 28 Comments »

O segredo

Baixe o e-book do livro aqui…

 

Na semana passada, dia 08 de fevereiro, quinta feira, Oprah (a famosa apresentadora norte-americana) realizou em seu programa uma entrevista com alguns dos participantes do filme “O Segredo”.

Em anexo, o material que está no site da apresentadora, traduzido, para aprofundarmos nosso conhecimento e perdemos algum tempo com informaçao relativa à Lei da Atraçao. Os links tambem se encontram no arquivo anexo, para quem quiser conferir diretamente. ..:-)

Programa: Oprah

http://www2.oprah.com/index.jhtml

Entrevista sobre “O Segredo”

(Tradução: Luciene Lima, São Paulo, SP, Brasil)

Está nas manchetes de todo o mundo – e o rumor continua crescendo. Alguns dizem que é o segredo para criar a vida que você realmente quer – perder peso, ganhar dinheiro, encontrar o amor. Veja porque pessoas em todos os lugares estão falando sobre “O Segredo”.

Qual é O Segredo?

Querendo ter mais dinheiro, perder peso, ter um amor? Crie a vida que você realmente quer com esse segredo transformador de vidas!

As pessoas ao redor do mundo têm falado sobre um filme bem poderoso, que pode mudar o curso de sua vida. Esse filme, ‘O Segredo’, foi criado pela australiana Rhonda Byrne,e ela diz que se você seguir a filosofia do filme, você pode criar a vida que quiser – signifique isso sair do débito, encontrar um emprego mais satisfatório ou até mesmo se apaixonar.

Rhonda diz que tropeçou no que ela chama de ‘O Segredo” no final de 2004. Na ocasião, tudo na vida de Rhonda estava ruindo – física, emocional e financeiramente – e ela estava em “total desespero”. Então, seu pai morreu repentinamente e ela ficou preocupada com a agonia de sua mãe. “Chorei, chorei e chorei, e eu não queria que minha filha me visse chorando”, diz Rhonda.

Foi quando a filha de Rhonda deu a ela uma copia do “A ciência de ficar rico”, um livro escrito em 1910 por Wallace D.Wattles. “Algo dentro de mim me fez folhear as páginas, uma a uma, e ainda me lembro de minhas lágrimas molhando as paginas conforme eu lia”, Rhonda diz. “Tive um vislumbre sobre “O Segredo”. Era como uma chama dentro de meu coração. E desde aquele dia, ela se tornou um fogo ardente fazendo com que eu queira compartilhar tudo isso com o mundo”.

http://www2.oprah.com/spiritself/slide/20070208/ss_20070208_284_101.jhtml

Após aquela primeira descoberta, Rhonda leu centenas de livros, escutou centenas de horas de áudios e vasculhou a Internet por mais informações. Ela diz que esboçou a idéia d’O Segredo’ através da história – de 3500AC até a atualidade. “Desde que descobri, cada momento de minha vida inteira mudou e estou vivendo minha vida pela primeira vez”, Rhonda diz.

Rhonda define ‘O Segredo’ como “A Lei da Atraçao”, que é o princípio do “semelhante atrai semelhante”. Rhonda chama de “a mais poderosa Lei do Universo” e diz que ela está funcionando todo o tempo. “O que fazemos é atrair para dentro de nossas vidas as coisas que queremos e isso é baseado no que pensamos e sentimos”, Rhonda diz.

O princípio explica que criamos nossas próprias circunstâncias através das escolhas que tomamos em nossa vida. E as escolhas que fazemos são motivadas por nossos pensamentos – o que significa que nossos pensamentos são as coisas mais poderosas que temos aqui na Terra.

http://www2.oprah.com/spiritself/slide/20070208/ss_20070208_284_102.jhtml

Para ajudar-nos a entender a filosofia, Rhonda criou o DVD “O Segredo”, que apresenta especialistas como o Ver.Dr.Michael Beckwith, James Arthur Ray, Lisa Nichols and Jack Canfield—que não apenas ensinam “O Segredo”, mas que são bem sucedidos em suas próprias vidas porque sabem e usam o princípio.

O Dr. Michael Beckwith diz que era um negociante de drogas na escola – até que foi preso em uma transação que não saiu como esperava. Michael disse que ele teve um despertar espiritual durante seu processo judicial e decidiu mudar sua vida. Atualmente ele está à frente do Centro Espiritual Ágape, em Los Angeles, onde ensina milhares de fiéis seguidores o caminho para alcançar o potencial superior.

James Arthur Ray era um inseguro e desajeitado adolescente até o levantamento de peso ajudou o tolo – descrito por ele mesmo – a ganhar a confiança em seus vinte anos de idade. Ele diz que a sobrevivência de um quase acidente fatal de motocicleta e a quase falência o forçaram a focar na vida que ele realmente queria. Agora ele dirige uma corporação multimilionária dedicada a ensinar pessoas a criarem riquezas em todas as áreas de suas vidas.

Lisa Nichols cresceu nas ruas barra pesada da parte central sul de Los Angeles. Ela admite que como uma adolescente insegura, freqüentemente usava o sexo para se sentir amada pelos homens. Depois de chegar no fundo do poço com a idade de 19 anos, Lisa começou a rezar por uma vida melhor. Agora, ela faz fortuna motivando mais de 60.000 adolescentes a tomarem melhores decisões para suas próprias vidas.

O criador de “Historias para aquecer o coração”, Jack Canfield estava bastante endividado antes de levar isso a sério. Agora, seus best-sellers vendem mais que 100 milhões de cópias em todo o mundo e Jack viaja pelo país ensinando o segredo de seu sucesso.

http://www2.oprah.com/spiritself/slide/20070208/ss_20070208_284_103.jhtml

A lei da atração significa que qualquer coisa que acontece a você – boa ou má – você mesmo atrai. Lisa descreve-a dizendo que é como se você fizesse um pedido. “Se você estivesse em um restaurante e pedisse algo, você esperaria receber exatamente o que pediu. É assim que o Universo é. Você está fazendo pedidos – consciente e inconscientemente”, Lisa diz. “Então, se você diz “nunca terei um bom relacionamento”, você acabou de fazer um pedido”.

Jack diz que qualquer coisa em que você se foque faz você ter um efeito em sua vida – de livros a revistas, a pensamentos. “Tudo afeta a maneira como você se sente e os sentimentos, na verdade, enviam uma onda para o Universo, e qualquer coisa que está vibrando em um nível similar é atraída para sua vida”, Jack diz.

“A maioria das pessoas focam nas coisas como elas são. Falamos sobre nossa realidade atual – estou com dívidas; estou obeso; não estou feliz; estou triste; o mundo não funciona; estamos em guerra; e assim por diante. E quanto mais você pensa sobre isso e se foca nisso, e fala sobre isso, mais você atrai disso (negatividade)”, ele diz.

http://www2.oprah.com/spiritself/slide/20070208/ss_20070208_284_104.jhtml

Embora os pensamentos sejam poderosos, Jack diz que os sentimentos que os pensamentos geram são, na verdade, o que atrai as coisas para nossas vidas. “Muitas vezes as pessoas estão pensando coisas como ‘eu quero que meu corpo perfeito tenha 84Kgs’. Mas olham a balança e vêem 93Kgs e pensam ‘Mas eu nunca vou chegar lá. E se sentem mal”, Jack diz.

“Ao invés de mergulhar naqueles pensamentos negativos, você precisa achar o positivo da situação”. Jack diz que você deveria parar de se sentir mal por causa do peso e sentir o positivo por estar disposto a fazer algo saudável para tornar sua vida melhor. Carregar pensamentos positivos é uma chave para seu sucesso.

James diz que para atrair as coisas que você quer em sua vida – para fazer o pedido correto – você tem que fazer o que ele chama de “três por três”. “Seus pensamentos, seus sentimentos e suas ações, todas têm que estar sintonizadas simultaneamente, na mesma direção”, ele diz. Visualizar sua vida futuro pode ajudar a fortalecer seus pensamentos e sentimentos em direção às coisas que você quer.

O grupo diz que os pensamentos e os sentimentos são freqüentemente fáceis de alcançar, mas você ainda tem que fazer algo sobre eles. “Muitas pessoas assistem “O Segredo” e dizem “Bom, vou ficar aqui sentado visualizando meus milhões vindo para meu colo”. Bom, eles levarão sua mobília. E aí como você irá visualizar (quando estiver fazendo isso), sentado no meio-fio?”, James diz.

“Você tem que agir nisso. Tome decisões em relação a para onde você vai versus onde você tem estado”.

http://www2.oprah.com/spiritself/slide/20070208/ss_20070208_284_105.jhtml

Jack diz que tudo no mundo é feito de energia, que é controlada pelos pensamentos e sentimentos. De acordo com Jack, pensamentos podem viajar longas distâncias, então você está enviando sinais para muitas pessoas sem nem mesmo saber disso; e esses sinais atraem da mesma energia para você.

Jack e James dizem que isso significa que não há tal coisa como uma coincidência. “Qualquer coisa acontece por princípios e leis de nosso universo. Assim, consequentemente, temos um ilimitado e absoluto poder conosco”, James diz.

Michael diz que pensamentos – que se tornam em experiência, discurso e comportamento – se transformam na “tônica de sentimento de sua vida”. “Um indivíduo pode começar a gerar um certo sentimento de gratidão, de amor, de paz e de harmonia, e o Universo começará a compatibilizar aquela tônica sentimental – e o que fluirá para sua vida se compatibilizará com o sentimento que você está sustendo”, ele diz. “Isso significa que todo mundo pode liberar a si mesmo de ser vitima e começar a assumir o controle do destino de sua vida”.

http://www2.oprah.com/spiritself/slide/20070208/ss_20070208_284_106.jhtml

A gratidão é um exemplo da força magnética do universo. “Basicamente, nada novo pode acontecer em sua vida, amenos que você se abra à gratidão (pelo que você já tem)”, Michael diz.

“Se você pensar nisto, é mais ou menos como se o universo tivesse uma esteira rolante cheia de presentes alinhados para você, e até que você receba um e esteja completamente grato por isso, o próximo não pode sair da fila da esteira. Todos estão alinhados”, Jack diz.

Lisa diz que essa perspectiva se aplica ao peso, à família, amigos e outros aspectos da vida. Ela diz que muitas pessoas que querem fazer as coisas melhores se focam no que está errado no tempo presente. “Ao invés de querer mudar o presente, aprecie o que está aqui”, Lisa diz. “Encontre o que funciona e, fazendo isso, você criará um espaço para que aquilo se torne melhor”.

Por exemplo, Lisa diz que ela gostaria de perder um pouco de peso. Mas ao invés de se focar no negativo – de que ainda não perdeu o peso ainda – ela ama e aprecia o momento presente. “Eu aceito isso. Amo isso. Abraço cada centímetro, cada kilo”, ela diz. Dessa forma, Lisa está criando o espaço para “celebrar o agora” e, então, convidar coisas melhores para sua vida.

http://www2.oprah.com/spiritself/slide/20070208/ss_20070208_284_107.jhtml

De acordo com o quadro de professores, muita da energia que as pessoas projetam no mundo é feita de forma inconsciente. “As pessoas não estão andando por ai e pensando ‘Eu quero que uma coisa ruim me aconteça’, mas há um medo inconsciente. Há uma dúvida. Há uma sensação de separação que as guia”, Michael diz. Ele acrescenta que crescimento (maturidade) espiritual é “permitir que o inconsciente se torne consciente”.

Michael diz que o crescimento espírito não significa religião, mas nossa “real identidade”. “O amor, a paz, o contentamento, a sabedoria, a harmonia – essas são todas qualidades do espírito que estão procurando se expressar através de nós”, Michael diz. Assim, quando nos tornamos mais despertos, mais conscientes disso, nossa vida é preenchida com aquele tipo de vibração, aquele tipo de tônica sentimental. Crescer espiritualmente é se tornar mais consciente de quem você é realmente.

http://www2.oprah.com/spiritself/slide/20070208/ss_20070208_284_108.jhtml

Ryan Bell, uma risonha mãe de um bebê de quatro anos de idade tem um dívida de US$43.000. “Isso está me preocupando”, ela diz.

Ryan diz que as suas aflições financeiras começaram já na faculdade, quando ela pegou empréstimos. Depois da faculdade, Ryan conseguiu um emprego, engravidou e se casou. Para arcar com as novas contas, o casal adquiriu mais cartões de credito e Ryan ajudou seu marido a estudar. Então o inconcebível aconteceu: ela e o marido se divorciaram – e as dívidas de Ryan pioraram. “Passei de duas rendas para uma, mas mantive as mesmas despesas”, Ryan diz.

Para sustentar-se, e a sua filha, Ryan trabalha longas horas em uma loja de roupas finas. Depois que sua filha vai para a cama, Ryan trabalha em seu segundo emprego, em casa, com um negócio por internet. “Poderia ser maior, mas não posso gastar nisso a quantidade de tempo que eu preciso para que esse negocio tivesse mais sucesso”, ela diz.

Agora, Ryan vê cada dia como uma batalha e nem mesmo vai à caixa de correio porque sabe que há contas ali, esperando por ela. “Estou cansada de ser uma vitima”, Ryan diz.

“Como posso sair desse ciclo infinito de débitos?”

http://www2.oprah.com/spiritself/slide/20070208/ss_20070208_284_109.jhtml

As escolhas de Ryan atraíram débitos para ela, o grupo diz. Para atrair uma solução, Jack diz, Ryan deveria tirar seu foco dos débitos para a vida que ela sabe que sua vida será quando ela estiver financeiramente livre.

Simplesmente mudando sua linguagem, ela também pode começar a reduzir o débito. Quando questionada sobre como ela está (cumprimento), Lisa diz que ela não deveria responder com frases como “sobrevivendo; não tão bem quanto gostaria”, Lisa diz. “Quando as pessoas me perguntam como estou indo, [eu digo] ‘eu sou fenomenal; eu sou grande!”. Mesmo que no meio de todos, eu digo “Estou bem”, ela diz. “Estou bem porque faço por onde”.

James, particularmente, pode falar sobre as dificuldades de Ryan, depois de ter estado por duas vezes na extremidade da falência. Ele estimula Ryan a assumir um passo ativo em direção a seus sonhos. Ele diz para Ryan que está começando um programa de aposentadoria de débito, pagar uma certa quantia em dinheiro para seu crédito, automaticamente, assim ela pode focar cada porção de energia em liberdade financeira.

Ainda, o passo mais amplamente importante em direção a uma vida livre de débito, Michael diz, é esquecer o ex-marido e parar de sentir que ele lhe deve algo. “Deixe-o saber conscientemente, em sua consciência, que ele não pode determinar o seu destino. Você não está deixando de responsabilizá-lo, mas cortando as tonalidades emocionais vibratórias de forma a você poder ser livre”.

http://www2.oprah.com/spiritself/slide/20070208/ss_20070208_284_110.jhtml

Perdão verdadeiro, James diz, é quando você pode dizer para a pessoa que o magoou: “Agradeço por ter me dado essa experiência”.

Mas como você pode perdoar quando algo verdadeiramente trágico ou terrível acontece?

Jame diz que você deveria afligir-se, mas finalmente você precisa procurar uma dádiva secreta. “O que eu encorajo as pessoas a perguntarem-se é: Como isso me serve? Se você estiver realmente disposto a se aprofundar, há uma lição aqui”, James diz. “E, segundo, o que eu posso aprender com dessa situação?”

Mesmo que você não possa identificar a dádiva agora, Rhonda diz que é para você permanecer positivo, de forma a se beneficiar da Lei da Atração.

“Você pode dizer “há tantas dádivas para mim. Não vejo a hora de descobrir onde elas estão”, Rhonda diz.

Em situações crônicas, sem final à vista, Michael diz que você deve se perguntar outra coisa importante: “Se isso fosse durar para sempre, que qualidade eu teria que ter para ter paz mental? Agora, quando minha atenção vai para a qualidade que eu tenho que cultivar, aquela qualidade começa a surgir”, Michael diz. “O problema ao qual estou resistindo e lutando contra se torna menos e menos intenso, ele começa a se dissolver pois ele não tem mais sua atenção”.

http://www2.oprah.com/spiritself/slide/20070208/ss_20070208_284_111.jhtml

Lisa Nichols diz que sua vida era uma espiral for a de controle antes que ela aprendesse O Segredo. Ela cresceu no centro sul de Los Angeles, onde havia gangues, pobreza e violência.

Na quinta série, Lisa estava na primeira classe para viajar para o Valley – um bairro predominantemente branco – onde pensava ser bem-vinda. Ao invés disso, foi recebida com nomes abusivos. “Minha auto-estima caiu”, ela diz.

Embora tenha se tornado uma estudante popular, Lisa lutou com a depressão. “Aos dezessete a nos, quando meus melhores amigos estavam pensando sobre que faculdade cursariam, UCLA ou USC, eu estava contemplando o suicídio e tentando pensar como cometê-lo sem deixar cair sangue no carpete de minha mãe, pois eu saiba que eles não poderiam pagar outro”, ela diz.

Depois de crescida, Lisa também ouviu que não era bonita e que não encontraria um amor. Ela começou a ter “muito sexo em busca de um pouco de amor”, procurando sua própria validação nos homens. “O sexo conduziu a muita dor. Eu pensava que estava dizendo não ao sexo, eu estava dizendo “não” a um amor potencial. E eu não queria dizer “não” ao amor”.

Lisa começou a ganhar peso para evitar completamente os homens. Depois de ganhar 45Kgs, Lisa diz que estava obesa e envergonhada.

http://www2.oprah.com/spiritself/slide/20070208/ss_20070208_284_112.jhtml

Finalmente, Lisa atingiu um momento decisivo. “Ajoelhei-me e disse ‘Deus, se você me trouxe até aqui, prometo que gastarei cada momento, cada respiração, apoiando e encorajando outros a fazer o mesmo”, ela diz.

Lisa decidiu parar de ser uma vítima. Ela parou de procurar amor alhures e se apaixonou “loucamente” por si mesma. Agora, ela ensina às pessoas como tratá-la. “Sou o primeiro exemplo de como é suposto que o mundo me ame e tenho que dar o melhor exemplo”, ela diz. “Esperamos que alguém nos mostre nosso valor quando (ao invés disso) é suposto que eu mostre que entendi meu valor e permita que você celebre isso comigo”.

http://www2.oprah.com/spiritself/slide/20070208/ss_20070208_284_113.jhtml

Após 16 anos de matrimônio, Carlton e Beverly Credelle dizem que a paixão em seu casamento havia arrefecido. “Sentíamos como se nossa vida fosse ordinária, realmente desapaixonada, quase sem emoção”, Beverly diz. “Como se eu não tivesse mais seus pensamentos, sua alma, seu coração”. De certa forma, o casal não tinha intimidade por um ano.

Então, Beverly assistiu ”O Segredo”. “Que eu registro, eu vi o filme 62 vezes. Mas na primeira vez já senti aquele clique”, ela diz. Beverly percebeu que ela era parte do problema. Ela parou de reclamar e começou a focar em sua gratidão por Carlton. “Comecei a me dizer ‘eu sou bonita; eu mereço paixão; estou num casamento cheio de paixão”.

As coisas mudaram imediatamente após Carlton também assistir o DVD. Logo, ele começou a agir romanticamente, como levar Beverly para almoços fora, telefonar para ela durante o dia. Ela começou a fazer pequenas coisas para ele também – deixar uma rosa para ele, no carro dele e surpreendê-lo com os biscoitos favoritos dele.

Michael diz que Carlton e Beverly sao um exemplo de como a gratidão traz a mudança. “Meu casamento agora é maravilhoso”, Carlton diz. “Sinto a paixão. Estou amando isso”.

http://www2.oprah.com/spiritself/slide/20070208/ss_20070208_284_114.jhtml

Launell tem exito em todas as areas de sua vida – exceto quando vem à tona o peso que ela começou a ganhar 14 anos atrás.

O primeiro passo, James diz, é estar grata por sua saúde e escolher ficar saudável de forma integral. “Quero começar cada dia dizendo ‘Agradeço pela saúde que tenho’. Diga ‘Amo minhas pernas porque elas funcionam otimamente’”, James diz. “Concentre-se em sua saúde e totalidade todos os dias e você atrairá mais saúde e integralidade diariamente”.

Lisa diz que Launell também tem que acreditar que ela tem o direito de ter o corpo que ela quer. “Tome uma decisão. Você tem o direito? Você está pronta para isso? Você está pronta para se olhar no espelho e amar cada centímetro?”, Lisa diz. “Faça do ano de 2007 o ano de mostrar-se no agora para si mesma”, Lisa diz.

Repetindo após Lisa, Launell declara “Hoje escolho me dar a melhor vida sempre!”

http://www2.oprah.com/spiritself/slide/20070208/ss_20070208_284_115.jhtml

Você pode começar a viver O Segredo hoje, seguindo três passos simples: Peça. Acredite. Receba.

Michael diz para começar fazendo um esforço consciente todo dia com atitudes que sintonizarão a energia da vida com a qual você sonha. “Quando você está falando sobre ação, você está falando sobre correr na direção que você quer”, Michael diz.

Mas não é qualquer ação que o fará, Michael diz.

Tem que ser aquela que venha do coração e provê um serviço real.

Não é ‘se você construir isso, elas virão’ necessariamente.

É ‘se você construir isso e isso prover valor, elas virão’, ele diz.

É aquele espaço do coração.

Não é “o que eu posso conseguir?”, mas “o que posso oferecer e como posso servir?”

E quando você está naquele momento, o universo se alinha atrás de você e está a seu comando.

http://www2.oprah.com/spiritself/slide/20070208/ss_20070208_284_116.jhtml

Publicado em O Segredo. 10 Comments »